terça-feira, 15 de abril de 2014

CORONEL nega morte de assaltantes do BB; 2 estão presos

O Coronel Lindomar Castilho negou na manhã desta teça-feira (15/04) durante entrevista por telefone, no programa Balanço Geral, da TV Antena 10, a morte de dois dos acusados de envolvimento ao assalto do Banco do Brasil de Curimatá, cidade localizada à 775 km de Teresina. O assalto teria ocorrido por volta das 9h da manhã.
O coronel havia anunciado por volta das 16h desta segunda-feira (14), que dois acusados haviam sido mortos após intensa troca de tiros com a polícia da Bahia, mas a informação foi desmentida pelo próprio coronel. Segundo ele, o que houve foi um erro de comunicação, o que teria acontecido de fato, foi apenas a prisão de dois homens, que estariam na rota de fuga dos assaltantes. Ambos os presos são naturais da cidade de Avelino Lopes, e passam por averiguação.
As diligências em busca dos envolvidos no assalto continua na região da divisa do Piauí com a Bahia. De acordo com informações do Capitão Carlos, dois veículos, um Siena preto e Pálio vermelho utilizados na fuga foram interceptados na localidade de Aroeira pela polícia militar do estado da Bahia, que chegou a trocar tiros com os bandidos.
"Os criminosos abandonaram seus veículos e adentraram no mato. Até o momento não há confirmação de que alguém tenha sido atingido pelos disparos, nem bandido e nem policial", relatou o capitão. Policiais militares do 10º Batalhão de Polícia Militar de Barreiras, sob o comando do Coronel Osival, policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar de Corrente, sob o comando do Major Inaldo, além dos polícias civis do estado da Bahia e da 10ª Delegacia Regional de Corrente, juntamente com o Delegado Rodrigo Morais Matos fecham o cerco sobre os bandidos, que estão à pé, na localidade de Aroeira, interior do município de Santa Rita de Cássia, estado da Bahia.
SOBRE O ASSALTO AO BB DE CURIMATÁPor volta de 9h desta segunda-feira (14/04), o bando formado por pelo menos oito criminosos invadiu a agência do Banco do Brasil de Curimatá levando duas pessoas como reféns. Eles ainda atearam fogo em um veículo durante a fuga. O líder do bando envolvido no assalto foi identificado pela polícia. Ele seria de Avelino Lopes e conhecido por envolvimento em diversos crimes na região.
Ao chegarem na cidade, os criminosos atiraram para cima o que levou a uma troca de tiros rápida com a polícia local. O intenso tiroteio, tática usada pelos bandidos para intimidar os moradores, fez com que muitos moradores se trancassem dentro de casa. Ainda enquanto os bandidos estavam dentro da agência, o 180graus conseguiu falar com pessoas que estão dentro do prédio da prefeitura, que relataram rapidamente o momento de pânico que viveu a cidade."Estamos escondidos, debaixo das mesas, só escutamos os tiros lá fora, muitos tiros. Todo mundo aqui dentro está com medo", disse uma mulher, deixando evidente o nervosismo pelo tom de voz.
1356_1404201413575536.jpg
assalto curimatá.jpg
assalto curimata2.jpg
assalto curimata3.jpg
IMG-20140414-WA0000.jpg
IMG-20140414-WA0001.jpg
*Com fotos do PortalCorrente

fonte: 180 graus

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Dois bandidos morrem na Bahia após assalto a banco no Piauí

Dois bandidos morreram e um ficou ferido durante troca de tiros com a polícia da Bahia na tarde desta segunda-feira (14). Eles são suspeitos de participarem do assalto ao Banco do Brasil de Curimatá (PI) durante a manhã. O município dista 775 quilômetros de Teresina.


As mortes foram confirmadas ao Cidadeverde.com pelo coronel Lindomar Castilho, comandante de policiamento do interior do Piauí. Os mortos foram identificados como Ricleio Próspero da Silva e Marcos Maciel Alvino Sousa, ambos naturais da cidade de Avelino Lopes (PI).

Os bandidos acusados de assaltar o Banco do Brasil de Curimatá fugiram em direção a Mansidão (BA) e trocaram tiros com a polícia. Uma viatura chegou a bater no carro usado pelos assaltantes, que abandonaram o veículo e fugiram pelo mato.

De acordo com a Polícia Militar da Bahia, os assaltantes largaram os veículos no povoado Resfriado, em Mansidão faz limite com Júlio Borges (PI). A polícia baiana foi acionada assim que os bandidos cometeram o crime.

A quadrilha invadiu a agência, tomou duas pessoas como reféns e ateou fogo em um carro na saída de Curimatá, para dificultar a perseguição da polícia. Pelo menos oito homens armados participaram do crime. Os reféns foram abandonados em seguida.

O Cidadeverde.com obteve imagens do momento do assalto. O vídeo mostra o pânico e a correria dos clientes. Há pessoas de todas as idades fugindo do banco. Um rapaz que estava na agência foge segurando um bebê.



fonte : cidade verde

Curimatá: Bando invade agência do BB, queima carro e ainda faz reféns

Por volta de 10h desta segunda-feira (14/04), o bando formado por pelo menos oito criminosos deixou a agência do Banco do Brasil de Curimatá levando reféns, depois de realizarem um assalto. O tiroteio ouvido pela população foi resultado de uma troca de tiros entre criminosos e a Polícia Militar.
O líder do bando envolvido no assalto foi identificado pela polícia. Ele seria de Avelino Lopes e conhecido por envolvimento em diversos crimes na região. Os criminosos estão separados em três veículos: um Astra branco, um Polo preto e uma caminhonete – supõe-se que seja uma Hilux. Um destes veículos acabou sendo incendiado próximo ao Riacho Curimatá e trocado por outro, roubado nas proximidades.
Continuam as diligências pela captura dos oito criminosos que assaltaram a agência do Banco do Brasil de Curimatá. De acordo com informações do Capitão Carlos, os veículos Siena preto e Pálio vermelho utilizados na fuga foram interceptados na localidade de Aroeira pela polícia militar do estado da Bahia, que chegou a trocar tiros com os bandidos.
"Os criminosos abandonaram seus veículos e adentraram no mato. Até o momento não há confirmação de que alguém tenha sido atingido pelos disparos, nem bandido e nem policial", relatou o capitão.
Neste momento, policiais militares do 10º Batalhão de Polícia Militar de Barreiras, sob o comando do Coronel Osival, policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar de Corrente, sob o comando do Major Inaldo, além dos polícias civis do estado da Bahia e da 10ª Delegacia Regional de Corrente, juntamente com o Delegado Rodrigo Morais Matos fecham o cerco sobre os bandidos, que estão à pé, na localidade de Aroeira, interior do município de Santa Rita de Cássia, estado da Bahia.
Ampliada às 10h38
Por volta de 10h desta segunda-feira (14/04), o bando formado por pelo menos oito criminosos deixou a agência do Banco do Brasil de Curimatá levando reféns, depois de realizarem um assalto. O tiroteio ouvido pela população foi resultado de uma troca de tiros entre criminosos e a Polícia Militar.
Os bandidos tentam fugir por uma estrada pelo interior da cidade, que liga ao município de Curimatá. Porém a polícia crê na possibilidade dos bandidos estarem tentando chegar à cidade de Aroeiras, no vizinho estado da Bahia. Não foi descartada a hipótese de que um veículo de apoio esteja aguardando o grupo em Morro Cabeça no Tempo.
O líder do bando envolvido no assalto foi identificado pela polícia. Ele seria de Avelino Lopes e conhecido por envolvimento em diversos crimes na região. Os criminosos estão separados em três veículos: um Astra branco, um Polo preto e uma caminhonete – supõe-se que seja uma Hilux. Um destes veículos acabou sendo incendiado próximo ao riacho Curimatá e trocado por outro, roubado nas proximidades.
Publicada às 9h34
A agência do Banco do Brasil da cidade de Curimatá está sendo alvo da ação de bandidos na manhã desta segunda-feira (14/04). O bando invadiu a cidade, cortou parte da comunicação do município e está há pelo menos 20 minutos dentro da agência.
180graus conseguiu falar com pessoas que estão dentro do prédio da prefeitura, que relataram rapidamente o momento de pânico que vive a cidade.
IMG-20140414-WA0001.jpg
"Estamos escondidos, debaixo das mesas, só escutamos os tiros lá fora, muitos tiros. Todo mundo aqui dentro está com medo", disse uma mulher, deixando evidente o nervosismo pelo tom de voz.
Intimidados com os disparos, muitos moradores se trancaram dentro de casa. Ainda não há confirmação de que o grupo tenha feito reféns, porém o horário do assalto é de grande movimentação, e as primeiras informações são de que o local estaria lotado.
Através do Facebook, muitos moradores comentam sobre o assalto desta manhã, e relatam o intenso tiroteio. Algumas informações dão conta de que o bando chegou a queimar um carro na saída da cidade, o que não foi ainda confirmado.
IMG-20140414-WA0000.jpg
A agência é a mesma que em 2011 foi palco de um violento assalto. Após invadir a agência, que estava lotada de clientes, o grupo formado por oito criminosos fugiu em uma van. Fortemente armados, os bandidos chegaram a levar a gerente do banco, clientes e funcionários como reféns, que foram libertados três quilômetros após a saída da cidade.
1356_1404201413575536.jpg
assalto curimatá.jpg
assalto curimata3.jpg

Curimatá: bando assalta BB, troca tiros com a polícia e ateia fogo em carro

Atualizada às 17 horas
A delegada Daniela Dinalli, titular do distrito policial de Curimatá, informou que a quadrilha acusada de assaltar o Banco do Brasil da cidade, na manhã desta segunda-feira, conseguiu levar aproximadamente R$ 120 mil da agência.
Daniela informa que dois guardas do banco foram feitos reféns pelos bandidos no momento da fuga, mas já foram liberados.
Enquanto Daniela colhe os depoimentos de testemunhas do assalto, o delegado regional de Corrente, Rodrigo Moraes, comanda as equipes da Polícia Civil que, juntamente com a PM, realizam diligências em busca dos acusados.
As informações coletadas inicialmente pelo serviço de inteligência da polícia indicam que a quadrilha fugiu em direção a Santa Rita de Cássia, na Bahia.
A distância entre Curimatá e o município baiano é de aproximadamente 170 km.
Atualizada às 14 horas
De acordo com a polícia, os criminosos teriam abandonaram um dos veículos na ponte do Riacho Curimatá. Eles teriam ateado fogo no carro e fugido com outro carro roubado no local. Ainda não há informações sobre o valor levado no assalto ao banco.
Fotos: Cíntia Veloso
As pessoas levadas como já foram liberadas e a polícia continua em diligências fechando as barreiras do Piauí com a Bahia.
Atualizada às 11h12min
Bandidos fortemente armados invadiram a agência Banco do Brasil de Curimatá, na manhã desta segunda-feira (14) e fugiram levando duas pessoas como reféns. Segundo o Comando de Policiamento do Interior, a ação foi praticada por oito homens que fugiram em direção ao Estado da Bahia.
A polícia ainda não sabe informar se as pessoas levadas eram clientes ou funcionários do banco, mas diz que os bandidos roubaram uma quantia em dinheiro.
O bando usou três veículos para empreender fuga do local: um Astra de cor branca, um Polo de cor preta e uma picape Hilux. Segundo a polícia, eles seguiram por uma estrada entre Curimatá e Parnaguá que faz ligação com o município de Júlio Borges. “Acreditamos que o objetivo deles não seja ficar aqui no Piauí, mas pegar um desvio na cidade de Aroeira que leva até a divisa com a Bahia”, diz o comando de policiamento do interior.
A Força Tática dos municípios de Avelino Lopes, Bom Jesus já foi acionada e estão em diligências atrás dos bandidos. As polícias de Santa Rita de Cássia e Aroeira também já montam barreiras na divisa do Piauí com a Bahia para onde os bandidos teriam fugido.
fonte : o dia

Assalto ao Banco do Brasil de Curimatá: últimas notícias


Continuam as diligências pela captura dos oito criminosos que assaltaram a agência do Banco do Brasil de Curimatá. De acordo com informações do Capitão Carlos, os veículos Siena preto e Pálio vermelho utilizados na fuga foram interceptados na localidade de Aroeira pela polícia militar do estado da Bahia, que chegou a trocar tiros com os bandidos.
"Os criminosos abandoraram seus veículos e adentraram no mato. Até o momento não há confirmação de que alguém tenha sido atingido pelos disparos, nem bandido e nem policial", relatou o capitão.
Neste momento, policiais militares do 10º Batalhão de Polícia Militar de Barreiras, sob o comando do Coronel Osival, policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar de Corrente, sob o comando do Major Inaldo, além dos polícias civis do estado da Bahia e da 10ª Delegacia Regional de Corrente, juntamente com o Delegado Rodrigo Morais Matos fecham o cerco sobre os bandidos, que estão à pé, na localidade de Aroeira, interior do município de Santa Rita de Cássia, estado da Bahia.
Curta Portal Corrente e receba atualizações em sua página do Facebook!





Fonte: Portal Corrente; fotos: Vitória Régia

Quadrilha assalta banco, leva reféns e queima carro em ponte durante fuga

1

Assaltantes foram vistos na BA e trocaram tiros com a polícia, diz delegado.

CostaDo G1 PI

Assaltantes chegaram a queimar carro em cima de ponte durante fuga (Foto: Ellyo Teixeira/G1)Assaltantes chegaram a queimar carro em cima de ponte durante fuga (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Oito homens fortemente armados assaltaram por volta das 9h desta segunda-feira (14) o Banco do Brasil de Curimatá, cidade localizada a 775 Km de Teresina, Sul do Piauí. Segundo a policial Flávia Aline, do Batalhão da Polícia Militar de Corrente, os criminosos fugiram do local em três carros e levaram clientes como reféns. Um carro foi queimado na ponte que fica na saída da cidade para impedir as buscas.
Assalto causou tumulto na porta de agência de Curimatá (Foto: Vitória Régia)Assalto causou tumulto na porta de agência de
Curimatá (Foto: Vitória Régia/Arquivo Pessoal)
O delegado de Corrente, Rodrigo Morais, informou ao G1 que duas pessoas foram levadas reféns pelos assaltantes, entre elas um funcionário do banco. "Eles foram soltos na saída da cidade, onde os criminosos atearam fogo num veículo em cima da ponte para atrapalhar a perseguição da polícia. Mais de 15 policiais das cidades de Corrente e Bom Jesus já foram acionadas e estão realizando bloqueios para capturar o bando", disse.
Tiros disparados por assaltantes danificaram agência em Curimatá (Foto: Vitória Régia)Tiros disparados por assaltantes danificaram
agência em Curimatá (Foto: Vitória Régia/Arquivo
Pessoa)
Ainda de acordo com o delegado, a quadrilha anda em dois veículos modelo Pajeiro e Siena, ambos de cor preta. Os homens estavam encapuzados e usavam escopetas, metralhadoras e fuzis. "Já recebemos uma ligação dos policiais da Bahia de que conseguiram cercar o bando, mas houve trocas de tiros e não sabemos se alguém foi preso", revelou.
Uma comerciante que tem um estabelecimento relatou ao G1 ter visto seis pessoas sendo levadas como reféns, entre elas uma funcionária do banco. De acordo com ela, os assaltantes chegaram a efetuar vários disparos para cima após o crime e fugiram.

Assaltantes de banco trocam tiros com a PM e abandonam veículos na BA

Suspeitos de assaltarem o BB no Piauí, fugiram para a Bahia, disse PM.
'Bandidos abandonaram os veículos e estão a pé', afirmou Lindomar Castilho.

Do G1 PI
1 comentário
  •  
Assalto causou tumulto na porta de agência de Curimatá (Foto: Vitória Régia)Assalto causou tumulto na porta de agência de Curimatá (Foto: Vitória Régia)
Os suspeitos de terem assaltado o Banco do Brasil da cidade de Curimatá, a 775 km de Teresina, trocaram tiros com policias militares na Bahia no início da tarde desta segunda-feira (14). Segundo o coronel Lindomar Castilho, comandante da PM do interior, os suspeitos trocaram tiros com os PMs na comunidade Aroeira, entre as cidades de Mansidão e Santa Rita de Cássia.
“Todos os policiais das cidades da região estão mobilizados nessa caçada. Houve troca de tiros, os bandidos abandonaram os veículos e entraram na mata a pé nessa comunidade chamada Aroeira. O cerco está fechado. Não temos notícias sobre feridos e aguardamos mais informações”, disse o comandante.
A Polícia Militar do Piauí ainda não tem informações sobre a localização dos dois reféns levados pelos assaltantes.
Nesta segunda-feira (14), por volta das 9h,  oito homens fortemente armados assaltaram o Banco do Brasil de Curimatá. Sgeundo a PM do Piauí, os criminosos fugiram do local em três carros e levaram clientes como reféns. Um carro foi queimado na ponte que fica na saída da cidade para impedir as buscas.
Assaltantes chegaram a queimar carro em cima de ponte durante fuga (Foto: Ellyo Teixeira/G1)Assaltantes chegaram a queimar carro em cima de ponte durante fuga (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
O delegado de Corrente, Rodrigo Morais, informou ao G1 que duas pessoas foram levadas reféns pelos assaltantes, entre elas um funcionário do banco. "Eles foram soltos na saída da cidade, onde os criminosos atearam fogo num veículo em cima da ponte para atrapalhar a perseguição da polícia. Mais de 15 policiais das cidades de Corrente e Bom Jesus já foram acionadas e estão realizando bloqueios para capturar o bando", disse.
Ainda de acordo com o delegado, a quadrilha anda em dois veículos modelo Pajeiro e Siena, ambos de cor preta. Os homens estavam encapuzados e usavam escopetas, metralhadoras e fuzis. "Já recebemos uma ligação dos policiais da Bahia de que conseguiram cercar o bando, mas houve trocas de tiros e não sabemos se alguém foi preso", revelou.


fonte: g1

sábado, 22 de março de 2014

Protesto em Curimatá no dia Mundial da Àgua

Toda comunidade curimataense esta convidada para um protesto contra a produção de carvão vegetal na Serra do Gado Bravo, que será realizado no dia 22 de março as 08:00 da manhã com saída em frente ao fórum municipal.
Chegou a hora de agirmos não podemos mas nos calar e fingir que não estamos vendo a destruição da nossa vegetação.
Em 20 de março de 1995, foi sancionada pelo prefeito em exercício de Curimatá Erasmo Lima Castro, que era o vice-prefeito de Dr. Wilson Granjeiro, a Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra do Gado Bravo. A lei de n° 498, de 20/03/1995 foi criada pelo vereador da época Sr. Josafá Carvalho Correia, que tem em seu poder uma cópia do Projeto de Zoneamento Ambiental da Serra do Gado Bravo, produzido pela CEPRO (Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí), que tem como objetivo “Desenvolver um programa ambiental para a região (da Serra do Gado Bravo) que trace diretrizes de uso e ocupações do solo, orientar tomadas de decisões referentes a preservação dos recursos naturais renováveis e não renováveis ali existentes, em consonância com a exploração racional dos mesmos”.
A Serra do Gado Bravo está situada no Sul do Piaui, distante 18 km da idade de Curimatá constitui-se em uma área de grande importância para a comunidade curimataense, tendo em vista a existência de flora primitiva, fauna bastante diversificada, algumas espécies constam na relação do IBAMA de animais em extinção, como tatu canastra, tatu-bola, araras, jacu, caititus, etc. 

Conforme o projeto, a área a ser preservada é de 8.171.25 ha. (Oito mil cento e setenta e um hectares e vinte e cinco ares).
Temos ainda o olho d’água “Sertão”, que nasce nas escarpas da Serra, que é a fonte abastecedora da sede municipal.
há um sítio arqueológico catalogado pela Universidade Federal do Piauí.
O potencial turístico é extraordinário, lindas paisagens, cavernas e rochas fantásticas, apesar da destruição.
As consequências já estão a olho nu, vamos lutar pelo fim das carvoarias em nossa Curimatá, vamos deixar de lado o partidarismo político e pensar no bem da Cidade, ou seja é para o bem de todos.
Mas quantos caminhões como este, você precisa ver saindo da cidade com toneladas de carvão.
 Todos os danos causados hoje serão colhidos em um futuro bem próximo.
 Toda a população ficara prejudicada, estão poluindo as nascentes responsáveis pelo abastecimento de água.Portanto no dia mundial da Água, 22 de março vamos as ruas lutar pelos nossos direitos.
Junte-se  a essa causa ela também é sua. Participe!
CONFIRA IMAGENS DO PROTESTO:


fonte: portal odia

Manifestação Serra do Gado Bravo

Hoje, dia 22 de março dia mundial da água, aconteceu uma manifestação contra a produção de carvão na Serra do Gado Bravo.
As escolas estiveram presente, todos unidos de forma pacifica contra aqueles que querem  destruir o nosso meio ambiente. Não podemos mas nos calar e a nossa vegetação.
Temos o olho d’água “Sertão”, que nasce nas escarpas da Serra, que é a fonte abastecedora da sede municipal.
A região é considerada, desde 1995, área de preservação ambiental, além dos danos ambientais irreversíveis, o desmatamento atingi, diretamente, cerca de 12 mil habitantes da região. 

fonte: portal o dia

Comitê da Bacia Hidrográfica do Gurguéia será assinado neste sábado em Bom Jesus

No próximo sábado (22), na ocasião em que se comemora o Dia Mundial da Água, um grande passo a caminho da preservação ambiental da bacia do Rio Gurguéia será dado. Trata-se da assinatura do governador Wilson Martins em que autoriza a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Gurguéia, em solenidade que acontecerá no auditório da UFPI de Bom Jesus.

No início desta semana, Dalton Macambira, secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) e presidente do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, se reuniu com os conselheiros que aprovaram as indicações de membros que farão parte da direção do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Gurguéia, na mesma ocasião, o conselho também renovou a resolução de criação da comissão gestora do açude de Piaus.

“O comitê do Gurguéia faz parte de nossas ações em busca de melhorias na região do Semiárido. O comitê é o espaço onde a sociedade, poder público e usuário de águas são consultados sobre toda e qualquer obra hídrica, seja na esfera estadual ou federal, envolvendo a bacia hidrográfica. É onde se debate e se propõe soluções para a preservação da bacia e também decidir sobre o uso das águas acumuladas nas barragens já existentes ou que por ventura sejam construídas”, explicou o secretário, Dalton Macambira.

Características do Rio Gurguéia

O Rio Gurguéia, maior afluente do rio Parnaíba pelo lado direito, nasce no município de Corrente, na cota de 500 m, entre as serras de Alagoinhas e Santa Maria. No trecho inicial, o rio é intermitente e se torna perene a partir do quilômetro 82. Sua extensão total é de cerca de 532 quilômetros e apresenta uma declividade média de aproximadamente 2,1 m/km.

Ele é alimentado por poucos afluentes, em geral temporários, o que não impede a regularidade do regime na maior parte da calha principal. Entre os principais afluentes estão os rios Paraim, Curimatá, Fundo, Corrente, Canhoto e Esfolado e os riachos da Tábua e de Santana.

fonte:cidade verde

Sul do Piauí fica sem energia após falha em subestação da Chesf

O sul do Piauí ficou cerce de 20 horas sem energia. O apagão iniciou por volta das 15h da tarde deste domingo (16) e retornou totalmente somente às 15h desta segunda-feira.

Além dos transtornos e prejuízos ocasionados aos usuários da rede doméstica, diversas repartições tiveram suas atividades totalmente suspensas, como bancos, casas lotéricas, todos os órgãos ligados ao Tribunal de Justiça, como Fórum, Juntas do Trabalho, Juizados Especiais, dentre outros.

O comércio também foi prejudicado, já que diversos serviços oferecidos ao consumidor dependem diretamente de energia elétrica, como funcionamento de fornos elétricos, freezers e geladeiras, além de emissão de nota fiscal. Em Corrente, um supermercado que acaba de adquirir um gerador de grande potência foi o único estabelecimento comercial que tinha pão a oferecer aos consumidores, o ocasionou filas enormes na manhã de hoje.

O Hospital Regional teve as cirurgias suspensas, realizando apenas procedimentos simples. O setor de radiologia também não funcionou.

Ao entrar em contato com a Eletrobrás, o telefone estava ocupado durante todo o domingo. A partir da meia noite, o atendente que acabara de assumir o turno afirmou que não havia nenhuma informação sobre falta de energia elétrica no sul do Estado.



Às 8h da manhã de hoje, o serviço de atendimento informou apenas que o problema foi ocasionado por causa de uma falha em um transformador, porém não sabia informar nem onde e nem qual a previsão de retorno. Por fim, a redação dirigiu-se diretamente à sede da Eletrobrás em Corrente, onde o Chefe Regional, Sadoc Nogueira, afirmou que o apagão teria sido ocasionado por falhas em equipamentos na subestação de São João do Piauí, porém igualmente não poderia dar uma previsão sobre o retorno à prestação do serviço.



Segundo a Eletrobrás vinte e cinco município da região sul do Piauí ficaram sem energia devido a uma falha na Subestação de São João do Piauí, que pertence Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF). 



De acordo com a Eletrobras Piauí, houve um bloqueio de duas linhas que afetam as regionais elétricas de Elizeu Martins e Picos e a linha que alimenta a subestação de Uruçuí Dois e a subestação de Bom Jesus, foi energizada o que ocasionou a falta de energia desde às 16 horas do último domingo (16) e só retornou no inicio da tarde desta segunda-feira (17).

As cidades atingidas pela falta de energia elétrica foram: Elizeu Martins, Colônia do Gurguéia, Manoel Emídio, Alvorada do Gurguéia, Curimatá, Morro Cabeça do Tempo, Avelino Lopes, Júlio Borges, Parnaguá, Riacho Frio, Gilbués, Barreiras, Santa Filomena, Monte Alegre, Corrente, Cristalândia, Sebastião Barros, São Gonçalo do Gurguéia, Uruçuí, Antônio Almeida, Porto Alegre, Ribeiro Gonçalves e Baixa Grande do Ribeiro.

*Com informações e fotos Portal Corrente

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More